Sites Grátis no Comunidades.net

FILARMONICA UNIÃO TAVEIRENSE





FILARMÓNICA UNIÃO TAVEIRENSE 


Total de visitas: 58962
Presidentes

Presidentes da Direcção


 


Refira-se que só a partir de 1943 com alguma fidelidade se dispõe de dados, referentes aos Corpos Sociais.


Das várias dezenas que compuseram os Corpos Sociais e na impossibilidade de aqui fazer um relato exaustivo, passamos a referir aquele, a quem na prática é atribuída a maior responsabilidade na condução dos destinos da colectividade, o Presidente da Direcção.


Passemos então a referir datas e pessoas:



  • Fev./1943 - José Fonseca Carramanho

  • Jan./1945 - António Correia Monteiro

  • Dez./1947 - Adriano Aleixo Pinheiro

  • Abr./1951 - Joaquim Maria Balhau

  • Jan./1953 - José Fonseca Carramanho

  • Abr./1959 - António Balhau dos Santos Pereira

  • Jan./1965 - Feliciano Moura Correia Dias

  • Mar./1967 - Alvaro Barbosa Ribeiro

  • Jan./1970 - Manuel Rodrigues

  • Fev./1972 - Marcolino da Silva Campos

  • Mar./1974 - António Mendes Malva Ramalho

  • Dez./1977 - José Augusto Pratas

  • Jan./1980 - José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan./1983 - Sílvio Balhau dos Santos Rajado

  • Fev./1984 - José Carlos Garção Tapadinhas

  • Fev./1986 - António Girão Medina

  • Jan./1987 - Luís Fernando Ventura Melo Serrano

  • Fev./1989 - Sílvio Carvalho Vilão

  • Fev./1990 - Joaquim José Lopes Ferraz

  • Mar/1992 - José Adalberto S. Vaz Oliveira

  • Dez/1993 - Fernando Manuel Geraldo Alves Correia

  • Jan/2000 - Fernando Alberto Vaz Ferreira

  • Jan/2004 – José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan/2005 – José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan/2006 – José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan/2007 – José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan/2008 – José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan/2009 – José Carlos Garção Tapadinhas

  • Jan/2009 – Adélio Tinoco Mendes


Temos assim, curiosamente, os Presidentes das últimas décadas (desde 1943), donde se conclui que apenas 2 dezenas de  associados assumiram esse cargo. Há vários "repetentes" e se repararmos alguns que o exerceram por várias anos seguidos ou alternados. Como se dizia no princípio deste capítulo, nem só os Presidentes fazem e mantêm a dinâmica da Filarmónica mas todos os outros Directores, Regentes, Executantes, e muitos outros que respondem a solicitações que lhes são postas.

Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net